O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) tem a incumbência legal de promover o registro genealógico de animais domésticos no Brasil. A ABCZ, por delegação específica do MAPA, é a responsável pela execução do registro genealógico de todos os animais de raças zebuínas criadas no país. O padrão racial da raça Brahman encontra-se descrito no regulamento do Serviço de Registro Genealógico das Raças Zebuínas conforme link.

file icon pdf Padrão da Raça Brahman

Quanto às características raciais, existem animais que vão desde o cinza bem claro (que alguns chamam de branco) até o cinza escuro com extremidades quase negras (que é uma pelagem conhecida como azulega), outros animais vermelhos em todas as nuances. Os machos, geralmente tendem a ser mais escuros que as fêmeas. A pele é preta. A cabeça tem perfil de retilíneo a subconvexo e orelhas médias, largas, com pontas arredondadas e uma leve reentrância no bordo inferior. Existem mochos de nascença e a amochação é permitida pelo Serviço de Registro Genealógico das Raças Zebuínas.

Tem uma morfologia ótima para produção de carne. Seu tórax é profundo, de costelas bem espaçadas e um ótimo volume gastro-intestinal, bem funcional. Isso já denota boa capacidade respiratória e digestiva, fundamentais para um bovino produtivo. Sem oxigenação e sem uma boa área de absorção intestinal, nenhuma raça poderá produzir bem. As raças mais produtivas e precoces apresentam essas características bem marcantes. O dorso-lombo e a garupa, onde se localizam os cortes cárneos mais nobres, são pontos fortes do Brahman, por apresentarem um volume diferenciado e ótimo desenvolvimento no seu posterior com muita convexidade. E tudo isso, ainda em idade jovem.

 

Brahman TV